Páginas

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Revolta da Natureza?

Uma expressão que tem me incomodado muito é: "...a revolta da natureza...".

Qualquer chuva, calor, frio mais intenso e lá vem o rótulo repetido a exaustão.

Dessa forma, personificamos a Natureza como se fosse um Ser dotado de sentimentos.
E que sentimentos!

A Natureza é vista como vilã, como mesquinha, bruta, assassina, cruel.

Tudo porque ela simplesmente acontece.

E ainda mais como se não fôssemos, nós humanos, parte dessa Natureza.

A Natureza é praticamente uma "Flora" do mundo dos fenômenos!

Dessa forma, igualmente delegamos a responsabilidade das alterações de temperatura e do meio ambiente a ela, terrível Natureza egocêntrica, que está se vingando da civilização, só porque cortamos umas arvorezinhas aqui e ali.

Não penso que a Natureza se revolta.

Penso que colhemos o que plantamos.

Simplesmente.

Um comentário:

Filipe Freitas Rocha disse...

Carlera,

não há dúvidas: colhemos o que plantamos. Simplesmente.

Penso que o mundo apenas está passando por um trecho conturbado de sua existência. Creio que ele apenas ficou doente, e agora seus anti-corpos estão trabalhando para expulsar os vírus dessa doença. Essa doença se chama Humanidade.

Mas ele não está preocupado. Logo, logo sara.

F.F.R.